HIstorias & Conversas: Blog Psique Literária com a Mary

00:00 2 Comments A+ a-

Olá meus queridos leitores, hoje é dia de Historias & Conversas e a primeira convidada do ano é a Mary do blog Pisiquê Literária. Conheci esse blog por acaso, eu estava no grupo de blogueiras, quando ela postou falando do seu blog, fiquei curiosa e fui dar uma olhada. O tema principal é Livros, ela faz resenhas, dá dicas, entre outras coisas, mas também ela fala sobre outros assuntos, o que torna o blog dela ainda mais encantador. Aparentemente é um blog como todos os outros que já falei, mas tem um toque especial, o blog Psiquê Literária parece ter uma alma, nos faz querer ficar ali, mesmo quando você já leu todas as postagens e também ler o que as outras pessoas estavam comentando. Atenciosa, a Mary ler os comentários um por um e responde, sempre interagindo de uma forma que faz com que os leitores fiquem mais próximos dela. É um jovem blog, mas que tem tudo para dar certo. Vamos conhecer a sua história?

Bom, vamos começar do começo né? Meu nome é Maria Carolina, mas não se assuste se começar a reparar que o mundo todo só me conhece por Mary ou apenas Maria. Eu sou estudante de publicidade e propaganda e é claro, sou apaixonada por leitura. Se eu fosse um livro? Acho que não seria nada que já foi publicado até agora, mas sei que seria um livro de aventura em algum lugar desconhecido e curioso. Algo que tivesse uma história repleta de reviravoltas, tivesse momentos ruins e que no final levassem o leitor a entender que não importa o quanto as coisas fiquem ruins, você sempre pode seguir em frente. Não sei muito falar sobre mim como podem notar… acho que no fundo eu também não sei direito quem eu sou, MAS eu sei sobre algo muito importante: como tudo começou! (Ao menos, meu blog né?)
Durante um bom tempo eu quis ter um blog e foi só em 2015 que acabei tendo a oportunidade. Engraçado que essa minha primeira oportunidade não foi com o Psiquê Literária, mas com um trabalho semestral da faculdade onde deveríamos criar e gerenciar um blog do zero. Curioso não? Bom, eu apanhei muito com prazos, postagens, design… esse outro blog foi a razão pela qual planejei tanto o Psiquê Literária antes mesmo de ter um nome para ele. 
Quando o semestre da faculdade estava quase no fim, eu senti uma necessidade de ter algo meu, mas tenho um problema muito alto com Insegurança. Pois é, não confio nada em mim ou nas coisas que eu faço, nunca sei se elas vão dar certo ou se são boas o suficiente. Então não tive atitude para criar o blog logo de cara, precisei de um super empurrão! O empurrão veio de uma pessoa maravilhosa e meu melhor amigo que constantemente briga comigo para criar coragem e fazer as coisas que eu quero. Sinceramente, eu acabei ficando com o discurso na cabeça e só consegui tirar depois de ter a conta, o nome, o assunto e o primeiro layout do blog. Tentei planejar os temas, principalmente para que tivessem quadros/tags fixas. Isso me ajuda e ajuda o leitor a se organizar. Depois de tudo pronto, bateu a primeira dificuldade. “Querer e não Poder” ter o layout do jeito que imaginava na minha cabeça. Os layouts prontos eram lindos, mas não tinham a minha cara sabe? Não consigo me inspirar em algo de fora, é algo que faz um clique na minha cabeça e eu PRECISO seguir. Justamente por isso até eu conseguir criar coragem e fazer um layout e achar um estilo, acabei me atrapalhando toda. Mas se eu pudesse voltar no tempo, teria feito tudo exatamente igual, até porque se tudo tivesse saído certo desde o começo, eu não estaria onde estou agora. Isso faz sentido (?).
Só vou saber se passei no teste "Blog vs Vida pessoal” com a volta da faculdade. O blog começou em novembro e eu praticamente já estava em férias, então tive muito tempo sobrando para focar só nele, talvez tudo se aperte com as aulas, mas vou dar um jeito. O grande truque para mim e para todo mundo que quer ter ou já tem um blog é: Organizar e Antecipar. Organizar as datas de postagens e antecipar o máximo que puder todas elas. Isso evita que o Blog fique parado mesmo que você não esteja disponível naquele determinado mês para postar. 
E de todas as dicas acho que a que vai precisar usar o tempo todo é: Fazer por amor. Não faça por seguidores, por reconhecimento, pelos outros… faça por que você AMA fazer! Em um mundo que dar tanto valor para os números, vai perceber que o amor pelo que faz dá um diferencial enorme não só no blog mas em todos os seus projetos de vida!
Espero que vocês tenham curtido. Quero agradecer a presença da Mary e também por ter aceito o convite. Para você que tem um blog e gostaria de ter a história do seu blog aqui no meu cantinho deixe nos comentários o nome do seu blog, que entrarei em contato por e-mail. Até a Próxima!

Vamos nos deixar conhecer, criar laços, é bom fazer amizades duradouras e sinceras, essas conversas que do nada iniciam sem um assunto determinado são as mais inesquecíveis – Sirlene Santana

Graduada em Processos Gerenciais. Apaixonada por automobilismo e esportes em geral, sou Corinthiana e Rojiblanca de coração. Amo ler e assistir filmes e séries. Gosto de conhecer novas culturas e tenho um carinho especial pela Cultura asiática e árabe.

2 comentários

Write comentários
Mary A.
AUTHOR
3 de janeiro de 2016 03:31 delete

Eu já posso ficar muito muito feliz de ver minha história aqui? *-*
Não precisa agradecer não, foi uma delicia contar um pouco sobre mim, coisa que não costumo fazer muito hahahahaha.
Amei ler que o Psiquê tem alma <3 achei lindo lindo lindo!
Muito obrigada por me deixar fazer parte disso, Beijos

psiqueliteraria.blogspot.com

Reply
avatar
3 de janeiro de 2016 09:29 delete

Pode ficar feliz sim kkk'
Sobre o Psiquê ter alma, isso é verdade, foi super sincera.
Eu que agradeço por ter aceito o convite, fiquei muito feliz de conhecer um pouco mais de você e do seu blog.
Um abraço!

Reply
avatar