Livros

[Resenha 13] O Caminho das Borboletas

00:00,0 Comments

Título: O Caminho das Borboletas
Subtítulo: Meus 405 dias ao lado de Ayrton Senna
Autor: Adriane Galisteu
Gênero: Biografia
Páginas: 224
Ano: 1994
Editora: Caras
ISBN: 1111
Sinopse retirada do prefácio do livro: Este livro é resultado de trinta horas de depoimentos, gravados em Sintra, Portugal. E de um mergulho num baú repleto de cartas, bilhetes, papéis rascunhados, agendas profusamente anotadas – sim, Adriane Galisteu ainda conserva aquela doce mania de transformar suas agendas em diários teen, engordados com recortes e fotografia e recheados de divagações.
“Ora, que o amor de vocês seja um balsamo para a minha alma ferida”

Adriane Galisteu nasceu em São Paulo no dia 18 de abril de 1973. Teve uma infância difícil e quando se tornou adolescente participou de um grupo chamado Meia Soquete. Já foi modelo e atriz, mas atualmente trabalha como apresentadora. Está casada com Alexandre Iódice e é mãe do Vittório.

“A coisa tinha sido pior do que eu imaginara. Mas eu nunca teria imaginado o pior – e ainda me recusava a imaginar”


Terminei de ler esse maravilhoso livro faz quase uma semana. Revivi uma inexplicável saudade e dor ao lembrar aquele momento tão triste. Eu tinha quase oito meses quando tudo aconteceu, minha mãe me levava nos braços e da janela, ela viu o céu se escurecer – Todos estavam tristes. O que antes eram domingos assistindo corridas emocionantes, logo se transformou em dias cinzentos. Lembro-me que até uns cinco anos, mais ou menos, eu assistia as corridas esperando que o Senna entrasse em cena, meu irmão pedia que eu escolhesse o meu piloto favorito e eu pulava com os bracinhos para cima dizendo “Senna”, como explicar para uma criança que Papai do Céu já havia levado ele? Cresci ouvindo falar dele, o gosto pelo automobilismo foi uma sementinha plantada, e com relação a chuva e borboletas, eu sou especialista nisso.

Todos conhecem a relação do Ayrton com a chuva, as borboletas talvez sejam um pouco mais da Adriane. Este livro, é como um diário que conta a história de 405 dias emocionantes sobre Dri e Becó, um lado do Senna que poucos conheceram e que a Adriane Galisteu teve a oportunidade de vivenciar de pertinho. Caminho das Borboletas, é um relato cheio de momentos emocionantes, divertidos e tristes, descrito com o coração. Eu senti algo tão verdadeiro em cada palavra, ela transmitiu todos os sentimentos que experimentou nesses dias em que o Príncipe das Pistas, era o seu príncipe e amor da sua vida.

Uma coisa, é quando você ler um livro que por mais tocante que seja, os personagens não são reais. Outra bem diferente, é você ler e saber que aquelas pessoas existiram e/ou existem e que aquela história foi real. Chorei um pouco e confesso que vou reler esse livro diversas vezes.

Eu li esse livro em PDF porque infelizmente as vendas foram encerradas, entretanto, ainda é possível encontrar alguém que tem o livro e queira vendê-lo ou em sebos. Eu estou procurando, quero muito ter este livro na minha prateleira. Até a próxima!

Resumo da minha opinião: Norwegian Forest

"Infinitas são as maneiras de Deus se revelar aos homens. Para o Becó, bastaram umas marcas de areia, num dia de sol, na vasta solidão de Angra dos Reis"

You Might Also Like

0 comentários: