Livros

[Resenha 016] Bodas de Sangre

01:00,0 Comments


Título: Bodas de Sangre
Autor: Federico Garcia Lorca
Páginas: 142
Ano: 2009
Editora: Martin Claret
ISBN: 9788572327930

Sinopse: Bodas de Sangre é uma peça de teatro escrita por Federico Garcia Lorca que conta a história de um casal que então a ponto de se casar, mas ao reaparecer um regredo esta união corre o risco de ser condenada ao fracasso. 



Federico G. Lorca nasceu no ano de 1898, na província de Granada, Espanha. É um poeta e dramaturgo espanhol. Estudou Letras, Filosofia e Direito na Universidade de Granada. Em 1928 fundou a revista Gallo, junto com outros intelectuais. Depois de viajar por vários lugares da Espanha, ido conhecer Cuba e a cidade de Nova Iorque, ele regressa a Granada, no ano de 1936, e é preso e fuzilado por possuir ideias liberais. Atualmente ele é um dos poetas espanhóis que possuem suas obras entre as mais lidas. Bodas de Sangre, Yerma e A Casa de Bernada Alba, são algumas de suas obras.
“Cuando me voy de tu lado siento un desapego grande y así como uno nudo en la garganta”

          
Olá meus queridos leitores, espero que todos vocês estejam bem. Semana passada consegui ler mais um livro de minha meta dos 36 livros que pretendo ler esse ano. Se querem conhecer 5 livros dessa minha meta, clique AQUI. Bom, já havia ouvido falar em Federico Lorca, mas ainda não tinha lido nenhuma de suas obras, esse me chamou a atenção, por ter visto o trailer do filme La Novia, que se inspirou exatamente nessa história.

A obra inicia com a mãe do noivo lamentando que perdeu tanto o marido, como um de seus filhos e neste caso, está envolvido a outra família que se chama Félix. A Noiva já havia tido um relacionamento com Leonardo Félix, estando agora comprometida com outro e perto de casar-se. A família do Noivo vivia bem até que aconteceu o assassinato de seu pai e irmão, do outro lado, a família da Noiva também não vive bons momentos, já que suas terras são secas e não dão frutos. Dividido em três atos, o mais emocionante, na minha humilde opinião, é o último.

Bodas de Sangre foi escrito no ano de 1933, é uma leitura rápida, com fácil compreensão e seu final tem muitas metáforas, onde personagens como a Morte vestida de Mendiga, três lenhadores e a Lua, que personifica o destino, já indicam o que poderá ocorrer no final. O personagem Leonardo é o único que possui nome próprio, os outros personagens chamam-se: Mãe, Noiva, Noivo, Mendiga, entre outros.

É um romance muito bom, com muito detalhes sobre o cenários e descrição dos personagens. Enquanto eu lia, eu conseguia imaginar os personagens, como o que ocorria nas cenas, exatamente por ter sido muito bem detalhado. Outro ponto, é que minha leitura foi feita no idioma original da obra, que é o espanhol, e para mim foi muito enriquecedor e me deixou com vontade de ler outras obras de Federico G. Lorca pelo modo como descreveu os personagens e contou essa triste, mas interessante história trágica de duas famílias. Até a próxima!
“Ay que sinrazón! No quiero
contigo cama ni cena,
y no hay minuto del día
que estar contigo no quiera,
porque me arrastras y voy,
y me dices que me vuelva
y te sigo por el aire
como una brizna de hierba.”
Resumo da minha opinião: Sagrado da Birmânia 

You Might Also Like

0 comentários: