Moda & Beleza

[Formatura] "Não existe este modelo de vestido para você"

11:18,0 Comments


Nos últimos quinze dias ou mais, escutei diversas vezes a frase “Este modelo de vestido não existe para você” de diferentes formas, mas tudo com o mesmo sentido. “Baixinha”, “Pequena demais para o vestido”, “Sinto muito, mas não temos o seu tamanho”, “Não temos”, “Gostaria de ver outro modelo?”. Sim, eu entrei em várias lojas de todos os tipos de vestido, até nas feiras mais distantes e nas ruas mais luxuosas e todas, simplesmente todas as lojas da cidade me deram a mesma resposta, e apenas um ser humano formado em design de moda me mostrou a luz e até agora não sei se tomo suas palavras como elogio - “Pessoas com o manequim dela precisam mandar fazer”.


Eu sou dona de medidas quase perfeitas, enquanto que a sociedade busca a perfeição dos 90 60 90 (Busto, cintura, quadril), na minha última visita a costureira eu não estava tão distante delas e tenho 1,60 de altura, não gosto de olhar meu corpo em números, sempre fui a favor de curtir ele do jeito que nasci, já pratiquei esportes, amo fazer exercícios, e nunca passei por isso de buscar um vestido e não encontrar.

Foi tragicômico, para quem curte livros vai entender quando falo que sou do tamanho pocket, é um livro pequeno, considerado de bolso. Normalmente fabricam-se vestido para medidas mais populares, e eu nunca imaginei que a minha medida seria tão especifica como analisado por um designer de moda. Meu pai andou dias comigo atrás desse vestido, tinha horas que ele começava a rir, eu também ri muito, principalmente quando entrei em uma loja onde havia duas mocinhas altas e lhes mostrei o modelo do vestido e elas conversaram entre si sobre eu ser pequena demais para o vestido.

Pesadelo do vestido preto para as fotos de formatura, foi assim meus últimos quinze dias, quando o modelo foi determinado eu achei que haveria uma esperança, em alguma loja, as minhas perninhas curtas poderiam se encaixar em um vestido, sou magra então daria certo. Entretanto os dias passavam e não foi assim, o jeito foi neste último fim de semana buscar uma costureira e pedir para ela fazer.


Vendedores querem vender
Tanto quando saí com minha mana, como quando saí com meu pai entramos em lojas e feiras onde os vendedores nem sequer conheciam o modelo do vestido e nos mostravam cada modelo, que eu olhava para o papel e ficava me perguntando se existia a possibilidade de alguém ver de forma contorcida o que estava exposto em uma fotografia de forma tão simples e clara.

“Quero um vestido para as fotos de formatura, tubinho e sem detalhes, totalmente preto”

Essa era a descrição usada por minha mana, meu pai e eu, e surgia cada modelo. Virou piada interna e dava até para apostar em que lugar os vendedores iriam mostrar o modelo mais inusitado.

Eu cheguei a ter em mãos um vestido com brilhos e enfeite no pescoço como o da Cleópatra, minha mana disse que quando foi buscar sozinha lhe mostraram vestido de renda - lindos, mas não eram o desejado. Também me mostraram aqueles vestidos que eram rodados, com tule de bailarina, costa nua, decote de quase um metro, entre outros modelos. Acho que alguém já passou por isso. Eram vestido que não estava descrito na imagem do papel e também não poderia ser usada para a ocasião, embora alguns modelos fossem bonitos.

Mas nem todos foram assim, algumas vendedoras conversaram comigo, falaram que já passaram por isso e receberam clientes na minha situação, apesar de ser um modelo simples, é difícil encontrar e principalmente nas minhas medidas. Foram super atenciosas e sinceras, além de me desejar boa sorte na busca e indicarem lojas para ver se eu encontrava.

Foi uma experiência cansativa, por vários dias foi decepcionante e em outros momentos cômico, queria dividir com vocês e espero que gostem. Mas agora é o momento de vocês me falarem se já passaram por algo assim, vou amar ler os comentários. Até a próxima!

You Might Also Like

0 comentários: