Livros

[Resenha 024] O Homem que Amava Caixas

11:50,2 Comments


Título: O Homem que Amava Caixas
Autor: Stephen Michael King
Páginas: 32
Ano: 1998
Editora: Brinque Book
ISBN: 9788585357696

Sinopse do Skoob:
Este livro fala de maneira simples e bonita sobre o relacionamento entre pai e filho. Com ilustrações alegres e muita sensibilidade, O Homem que Amava Caixas conta a história de um homem que era apaixonado por caixas e por seu filho. O único problema é que, como muitos pais, ele não sabia como dizer ao filho que o amava.

Stephen Michael King cresceu em um subúrbio de Sydney e desde pequeno gostava de desenhar. Stephen Michael é um escritor e ilustrador único de livros infantis, que dá um toque prazeroso e amável em seus livros. Na idade em que muitas crianças deixavam de desenhar, ele passou a ver isso como a essência de sua vida, sendo uma das poucas formas que tinha de se expressar, já que, por volta dos nove anos, ele começou a ficar surdo. Porcolino e Papai; Você; e O Homem que Amava Caixas são algumas de suas obras.

“Ele sabia que tinha encontrado uma maneira especial de compartilharem o amor de um pelo outro. ”

Feliz dia dos pais!

Olá queridos leitores, como vocês estão? Como está sendo o domingo? Hoje decidi trazer a resenha de um livro que trata do assunto relacionamento entre pais e filhos. O livro que escolhi foi O Homem que Amava Caixas escrito por Stephen Michael King e editado pela Brinque Book.

Minha primeira impressão ao olhar a capa do livro foi boa, simpatizei de cara entre tantos livros infantis na biblioteca. Ilustrado também pelo autor, são desenhos leves e que nos ajudam a imaginar a história acontecendo. No que se refere ao título, senti uma certa curiosidade e não me arrependi, já que a mensagem foi muito linda e tudo a ver com o título do livro e seu conteúdo.

Conta-se a história de um homem que não sabia como demonstrar seus sentimentos pelo filho, a partir da vontade de buscar uma forma de manifestar seu amor, ele passou a construir brinquedos usando caixas de papelão, sua outra paixão. 

O livro tornou-se um clássico e é indicado para crianças de 4 anos. A meu ver, é um livro emocionante e cativante, que pode ser lido por todas as idades, sendo um momento compartilhado entre pais e filhos. Um livro especial, com uma mensagem muito bonita, já que nem sempre se usa palavras para demonstrar o quanto amamos alguém, existem atitudes e ações que mostram isso. 

O livro agradou tanto que até recebeu o prêmio Family Award for Children’s Books em 1996.

Espero que tenham curtido, um bom domingo a todos. Até a próxima!

Resumo da minha opinião: Egyptian Mau

You Might Also Like

2 comentários:

  1. Oi, fiquei bastante curiosa também por conta do título do livro, parece ser super legal e interessante!
    Segue de volta?

    Mandy,
    deloucostodossomosumpouco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mandy. Que bom que se interessou! É um livro curtinho, mas com um conteúdo ótimo.
      Vou dá uma olhada no seu blog, se eu curtir, sigo sim.

      Abraço!

      Excluir