Livros

Livros que li em 2016 e Metas para o próximo ano.

10:06,0 Comments


Olá meus queridos leitores, como foi o Natal de vocês?

O meu Natal foi tranquilo, terminei um livro e acredito que seja o último desse ano. Não quero fazer comentários muito grandes aqui na introdução, mas vamos apenas rever como foi fazer minha meta de leitura desse ano. Logo na primeira semana do ano de 2016, eu havia planejado ler cinco livros nos primeiros seis meses, pois estava na reta final da faculdade e isso iria custar todo o meu tempo e foi o que aconteceu. Passados seis meses, eu já estava chegar aos 36 livros, entretanto não cheguei nem aos 20.

Não irei culpar o tempo, embora ele tenha corrido como um carro de fórmula 1. Mas surgiram outros afazeres, outras situações e algumas leituras tiveram que ser adiadas e até interrompidas. Isso já deve ter acontecido com você, verdade?

LIVROS QUE LI EM 2016

  1. O Desespero Humano — Kierkegaard: Foi o primeiro que terminei, eu estava em um lugar lindo onde estive impossibilitada de sair durante todo o dia e sentei na grama, inspirada pela paisagem e comecei a ler. Para compreender a essência do livro é necessário viajar com o autor em cada uma de suas palavras, acredito que quem se interessa realmente pelo tema, encontra uma mensagem melhor do que o livro quer transmitir. [Resenha]
  2. Se eu ficar — Gayle Forman: Entre trancos e barrancos li esse livro, eu estava muito atarefada com a faculdade e meu outro trabalho, mas consegui aproveitar a leitura. Amei o estilo do livro, com uma narrativa em primeira pessoa e uma mescla entre passado e presente. O livro é curtinho e a história muito emocionante. [Resenha]
  3. Caminho das Borboletas — Adriane Galisteu: Esse livro eu devorei, sem dúvida foi um dos meus favoritos esse ano. Como o diário de uma adolescente, Adriane conta do seu ponto de vista, como foi os seus dias ao lado do seu amor Beco, o grande piloto Ayrton Senna. [Resenha]
  4. O livro secreto — Grégory Samak: Esse livor me decepcionou um pouco, pela sinopse criei uma expectativa enorme, embora o final do livro tenha ficado mais interessante e as entrelinhas do livro sejam fascinantes, eu ainda fiquei com um gostinho amargo na boca. [Resenha
  5. Macbeth — William Shakespeare: Sou apaixonada pelos livros desse autor, e não pude curtir tanto a história como eu gostaria. Foi uma leitura de muitas pausas e tinha que retornar algumas cenas, quero voltar a lê-la em outras oportunidades, mas é outro livro incrível. 
  6. Bodas de Sangre — Federico Lorca: Primeiro livro que li em espanhol neste ano, apesar de ser um texto de uma outra época, amei a história inteiramente e possui metáforas fascinantes, com cenários detalhados e um romance que deixa você louca para saber qual é o final. [Resenha]
  7.  Álbum de Casamento — Nora Roberts: Primeiro livro que me arrisquei a ler dessa autora e dessa história eu curti, não sei se encaro as outras. Primeiro livro da série "Quarteto de Noivas", é uma leitura agradável e rápida. Foi inspiração para meu último trabalho da Faculdade. [Resenha]
  8. A magia de uma paixão — Patrícia Wilson: Depois de cinco anos sem pegar um livro da Nova Cultural, não resisti em ler o primeiro livro da Série Julia Cartão Postal, confesso que gostei, é uma leitura rápida e para quem curte romance, vale a pena ler este livrinho. [Resenha]
  9. Dramatic Love Album — Nakamura Yoshiki: Único mangá que eu li esse ano e que achei muito fofo, possui humor e os diálogos se desenvolvem rapidamente. Ótimo para passar aquelas horas que não temos nada para fazer. [Resenha]
  10. Ayrton, o herói revelado — Ernesto Rodrigues: Passei mais tempo do que eu queria para ler essa história, todos sabem o quanto sou apaixonada por tudo que está relacionado com o Senna e o automobilismo. Esse livro me encantou!
  11. O Melhor de Mim — Nicholas Sparks: Único livro do autor que li esse ano, acredito que vocês já sabem minha opinião. Eu curti a história, mas esperava me encantar por ela e finalmente gostar do autor, mas não foi dessa vez. No entanto é uma leitura que eu indico. [Resenha]
  12. Amiga Estupenda — Elena Ferrante: Este é o primeiro livro da série de Romances Napolitanos, confesso que só notei que se tratava realmente de um romance quando estava da metade para o final. Iniciei a leitura após ver a indicação em um blog de turismo, me interessei e realmente a autora nos faz viajar por um bairro periférico de Nápoles, dos anos de 1950. O livro passou por momentos bons e ruins da minha vida, por este motivo ainda não escrevi a resenha e me deixou com um sabor agridoce.
  13. Sem promessas de amor — Lilian Peake: Terminei ele neste Natal, é o segundo livro da Série Julia Cartão Postal. Ainda vou escrever a resenha, mas posso dizer que gostei do livro do início ao fim, embora não tenha me identificado com nenhum dos personagens, mas só o fato de falar de comida, me deixou louca para conhecer a Suíça. 
Bom pessoal, queria ter lido muitos outros livros, mas quem sabe em 2017. Dos treze livros que eu li, meu top 3 para: Caminho das Borboletas; A Magia de uma Paixão; Álbum de Casamento.

Com relação as minhas metas de leitura para esse ano, eu não quero fazer um lista com os títulos de livros já preparados, quero deixar fluir. Desistir de ler a Origem do Lobo esse ano, eu até comecei, mas não conseguiu me prender e quero dar uma oportunidade no próximo ano. Decidi não me prender a livros e sim a desafios e esquecer os números. Sem essa pressão de ler a quantia estabelecida. Por este motivo, cada mês vou estabelecer um tema para buscar um livro para ler e vocês vão acompanhar tudo de pertinho. Quero saber quais os três livros que mais gostaram de ler em 2016 e quais o planos de leitura para 2017. Até a próxima! 

You Might Also Like

0 comentários: